Download E-books O Moleque Ricardo PDF

By José Lins do Rego

About the writer (from Goodreads):

José Lins do Rego Cavalcanti (July three, 1901 in Pilar Paraíba - September 12, 1957 in Rio de Janeiro) was once a Brazilian novelist so much recognized for his semi-autobiographical "sugarcane cycle." those novels have been the root of movies that had distribution within the English conversing global. besides Graciliano Ramos and Jorge Amado he stands as one of many maximum regionalist writers of Brazil. based on Otto Maria Carpeaux (Brazilian literary critic), José Lins used to be "the final of the tale tellers". His first novel, Menino de Engenho ("Boy from the plantation"), was once released with trouble, yet quickly it bought praised via the critics.

Sobre o livro:

Nascido no Engenho Santa Rosa, no inside de Pernambuco, o “moleque de eito” Ricardo tinha poucas perspectivas de ascender na vida. Aos sixteen anos, inconformado com seu destino, ele come to a decision fugir para Recife e começar uma nova vida longe da roça.

Na capital pernambucana, Ricardo consegue encontrar um emprego. Porém mais do que trabalhar em troca de um salário, suas novas experiências incluem a descoberta do amor e da militância política. No entanto, o que parecia uma porta para a liberdade acaba em tragédia, com a prisão do rapaz na Ilha de Fernando de Noronha.

Primeiro romance de José Lins do Rêgo escrito em terceira pessoa, O moleque Ricardo tem um strong point cunho político. A trajetória do negro de engenho que busca uma nova vida na cidade, sem sucesso, reflete a lógica da cultura nordestina de que o trabalhador “alugado” tem melhor condições de vida do que o proletário urbano.

Show description

Read Online or Download O Moleque Ricardo PDF

Best Literature books

Run

On the grounds that their mother's demise, Tip and Teddy Doyle were raised by means of their loving, possessive, and impressive father. because the former mayor of Boston, Bernard Doyle desires to see his sons in politics, a dream the men have by no means shared. but if an issue in a stunning New England storm from snow inadvertently explanations an twist of fate that comprises a stranger and her baby, all Bernard cares approximately is his skill to maintain his children—all his children—safe.

All the Stars in the Heavens: A Novel

Big apple instances BESTSELLERPeople's booklet of the WeekAnnual Library of Virginia Literary Awards Nominee for FictionAdriana Trigiani, the recent York occasions bestselling writer of the blockbuster epic The Shoemaker's spouse, returns along with her greatest and boldest novel but, a hypnotic story in response to a real tale and choked with her signature parts: relatives ties, artistry, romance, and event.

My Education: A Book of Dreams

With My schooling: A booklet of goals William S. Burroughs pushes on into new territory, once more committing the unspeakable crime of wondering the truth constitution. goals have continually been a wealthy resource of images in Burroughs' paintings. during this ebook they're a direct and robust strength. hundreds and hundreds of goals - excessive, vibrant, visionary - shape the spiraling middle of a special and haunting trip into notion.

Malgudi Days (Penguin Classics)

4 gemstones, with new introductions, mark acclaimed Indian author R. ok. Narayan's centennialIntroducing this choice of tales, R. ok. Narayan describes how in India "the author has basically to appear out of the window to select up a personality and thereby a narrative. " Composed of robust, magical pics of every kind of individuals, and comprising tales written over nearly 40 years, Malgudi Days presents Narayan's imaginary urban in complete colour, revealing the essence of India and of human adventure.

Additional resources for O Moleque Ricardo

Show sample text content

Passar a faca no outro. Sentir a bala, tudo isto Ricardo olhava com pavor. Podia ser que fosse covardia. Que tivesse o sangue-frio. E Florêncio period como Néri? Não period não. E no entanto não teve medo de morrer, vivia no meio do perigo, inocente, sem cuidado de espécie alguma. O masseiro alimentava a ilusão de uma reviravolta na vida. Ele falava no mundo onde os filhos dos pobres não precisassem andar com os urubus no cisqueiro. O moleque do Santa Rosa ganhava a hundred and forty mil-réis por mês. Dormia de rede. Sonhava com namoro. Não podia querer morrer por coisa nenhuma. Todos os sábados, agora, ele ia para a rua do Cisco. A generosidade com a família de Florêncio dera a Ricardo popularidade por ali. Ele ia por causa de Odete. Depois de Guiomar veio Isaura. E agora Odete. Todas bem diferentes uma das outras. Guiomar quase que fora do outro mundo. Só tinha mesmo de gente aquele sorriso. A lembrança dela ficara no coração do moleque como a de uma aparição de sonho. Já Isaura deixara-lhe o corpo marcado de recordações. Aquela sim, que lhe arrancava a alma para pisar. Lambuzou-se com ela de luxúria. Amou a negra com vontade, com toda a tesão. Odete period outra coisa. period mesmo um amor de donzela. A mãe ficava de espreita, seu Abílio não through nada e a rua do Cisco falava em casamento: — Quando pede, seu Ricardo? — perguntavam-lhe. — O Paz e Amor este ano amarrou gente, hein! Por aquelas terras gostavam dele. through a cara do povo, os agrados que lhe faziam. Ele também quase que já period da rua do Cisco. Sabia de tudo; dos acontecimentos, das doenças, da infelicidade, dos prazeres da rua. A cigarreira mais velha morrera. A irmã nem saía mais de casa. O homem da venda se fora embora. Um filho dele que viera do Amazonas levou o pai para tomar ares. Agora ali na rua do Cisco quem quisesse comprar farinha e bacalhau, que fosse até a linha do bonde de Olinda. O presidente do Paz e Amor se mudara. Seu Abílio seria eleito. period ele ali quem tinha mais gosto pelo bloco. Falava-se de tuberculose na casa da negra Fausta, numa filha que desde o Carnaval que se apresentara com tosse, tossindo, até que um dia o sangue golfou pela boca. Mais uma para tossir de madrugada. A cigarreira mais velha deixara substituta. Ali nunca havia vaga para tísico. A tísica não podia desfalcar-se de um elemento. O povo tinha horror à tuberculose, mas quando a bicha chegava dentro de casa, se acamaradavam. Comiam no mesmo prato, bebiam no mesmo caneco. A mãe de Odete falava sempre da vida: — Digo a Abílio todo dia para arranjar casa fora daqui, mas o homem gosta é disto mesmo. Então agora com esta história de presidente é que não arreda o pé. Ele só tem de família ecu e Odete. Podia se arranjar uma rua mais decente. O senhor não calcula o que a gente passa por aqui. Água pra beber tem-se que ir buscar longe, pra lavar roupa a gente anda pra morrer. Só tem mesmo o peixe e o caranguejo. Estou aqui, seu Ricardo, há bem cinco anos. Quando já vejo caranguejo na mesa, me arrepio toda. E até o peixe tem gosto de lama. Depois o senhor pensa que ecu não me preocupo com Odete?

Rated 4.93 of 5 – based on 19 votes